O que é o Mercado de CFD

Formação com certificado

O que são CFDs 

Os CFD (Contracts for Differences) são instrumentos financeiros derivados, negociados fora de mercados regulamentados, que proporcionam aos investidores uma forma alternativa de negociação em Ações, Índices, matérias-primas e moedas, através de alavancagem. O CFD está indexado ao valor do ativo subjacente. Assim, caso um ativo negociado num mercado regulado oscile, o CFD fará o mesmo visto estar indexado a esse ativo.

 

Ativo Subjacente

Os CFD têm por ativos subjacentes, ações admitidas à negociação nos diversos mercados de ações, por exemplo, em New York Stock Exchange, no Nasdaq, integrantes do Índice FTSE-100 etc.

 

Quantidade Negociada

Os investidores podem escolher a quantidade de lotes que constituirá o ativo subjacente dos CFD por si negociados. Dessa forma o investidor escolherá a exposição ao mercado. Quanto mais contratos negociar maior será o risco de exposição às oscilações do preço.

 

Formação do Preço

Sendo os CFD um instrumento financeiro derivado que tem por ativo subjacente indexado, o preço de um CFD é formado tendo em conta o preço base desses ativos. A moeda de negociação e o método de cotação são os mesmos do mercado onde o ativo subjacente é negociado.

 

Mínima Variação de Preço (tick size)

A variação mínima de preço de um CFD é igual à variação mínima de preço do activo subjacente no mercado correspondente.

 

Margem

A negociação de CFD pressupõe a constituição de uma margem inicial (garantia), cujo valor é variável consoante o risco dos ativos que estão subjacentes.


O valor mínimo da margem exigida varia também em função da variação do preço do ativo subjacente do CFD e do número total de posições em aberto detidas pelo investidor.


No caso do valor da margem ser inferior a um valor mínimo para o efeito fixado, as posições dos investidores poderão ser de imediato encerradas. Este facto pode ocorrer principalmente se o investidor tem uma posição contrária à evolução do mercado.

 

Vencimento

Alguns CFD  podem ter vencimento em especial caso estejam indexados ao mercado de Futuros. 

No entanto, em posições curtas, o investidor deverá ter especial atenção dado que o market maker pode exigir o encerramento da posição, por não ter títulos para empréstimo.

 

Liquidação no fecho de posições

As posições no mercado são abertas por comprar lotes (posição longa) ou colocar uma posição de venda embora ainda não se tenha nenhum lote adquirido (posição curta). A mesma só será encerrada através da tomada de uma posição contrária (curta ou longa) num CFD com o mesmo ativo subjacente. Os CFD não são objeto de liquidação física, pelo que não há lugar à entrega/recebimento do produto final que constituem o respetivo ativo subjacente.


Assim, no fecho de posições, os CFD são objeto de uma liquidação exclusivamente financeira e pela diferença entre o preço das posições assumidas.

 

Horário de negociação

O Horário de Negociação dos CFD é o mesmo que se encontre em vigor nos mercados onde o ativo subjacente é negociado.

Podem também existir mercados onde a negociação de CFD’s seja interrompida alguns minutos antes do fecho.

 

Comissões e outros custos de financiamento

A realização de operações sobre CFD pode implicar o pagamento de uma comissão mínima.

A cada momento o investidor terá disponível um bid e um ask (com um determinado spread) contra os quais poderá realizar as suas operações.

 

Quando forem assumidas posições longas (compradoras) o investidor suporta um custo de financiamento, o qual é obtido pela aplicação da taxa de mercado (acrescida de um spread) ao valor total da operação (quantidade x preço) durante o período de tomada de posição.

 

Quando forem assumidas posições curtas (vendedoras) o investidor poderá ser creditado ou debitado por um valor, o qual será obtido pela aplicação da taxa de mercado (deduzida de um spread) ao valor total da operação (quantidade x preço) durante o período de tomada de posição.

 

Conclusão

Embora a parte técnica e teórica possa ser um pouco complexo para os iniciantes, na realidade é um processo muito simples onde o investidor apenas precisa de comprar ou vender e esperar a flutuação do preço. As comissões a pagar são semelhantes ao mercado de Forex onde é preciso pagar um spread ao broker para custear a operação.

Alunos
Broker
Contactos
  • Facebook App Icon
  • Twitter App Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

 Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um risco elevado de perda rápida de dinheiro pela alavancagem. Entre 74% e 89% das contas de investimento de investidores particulares perdem dinheiro em trading de CFDs. Deve considerar se compreende a forma de funcionamento dos CFD e se pode correr o elevado risco de perder o seu dinheiro.

© 2020 Todos os direitos reservados para Futuros Infinitos Academy